DESENVOLVIMENTO DE UM MODELO DE IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA MODULAR UTILIZANDO O AXIOMATIC DESIGN

José Antonio Carnevalli, Marcos Ricardo Rosa Georges, José Eduardo Rodrigues de Sousa, Samuel Carvalho De Benedicto, Bruna Ajudarte Zavarise

Resumo


A estratégia da modularidade contribui para a parceria entre montadoras e fornecedores ao facilitar a terceirização de parte das atividades de projeto, fabricação e montagens dos veículos. Porém essa estratégia gera desafios para os fornecedores se ataptarem às novas exigências e atividades assumidas. Deste modo, é o objetivo desta pesquisa desenvolver um modelo teórico de implantação da estratégia modular nos fornecedores com o uso do Axiomatic Design (AD) utilizando dados de pesquisas bibliográficas. Verificou-se que os principais atributos das montadoras para a seleção de fornecedores de módulos são o Know-How das empresas, nível de qualidade dos produtos e serviços oferecidos; saúde financeira; flexibilidade logística, riscos associados e preço competitivo. Isto significa que a montadora só irá terceirizar atividades para os seus fornecedores se estes conseguirem realizá-las de forma satisfatória e num custo que justifique a terceirização. Por esta razão quando se faz o desdobramento da estrutura hierárquica do AD verifica-se a necessidade de que os fornecedores tenham instalados departamentos de gestão de clientes, de manufatura, de projeto de produto e de logística com competências que atendam o nível de competência exigido pelas montadoras. É lógico que isto não significa, que o fornecedor não possa terceirizar algumas destas atividades para empresas específicas, mas será ela que responderá pelas falhas no cliente. Com a conclusão do desdobramento do modelo proposto e a elaboração da sequência de aplicação com o diagrama de módulo e junção e fluxograma confirmou a viabilidade do uso do AD em atender o objetivo deste trabalho.

Palavras-chave


Projeto Axiomático; Modularidade; Terceirização; Setor Automotivo

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (2009) ISO/TS 16949:2010. Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos particulares para aplicação da ABNT NBR ISO 9001:2008 para organizações de produção automotiva e peças de reposição pertinentes. 2. ed. Rio de Janeiro: ABNT. 2009.

ARNHEITER, E.D.; GREENLAND, J.E. Looking for root cause: a comparative analysis. The TQM Journal. v. 20, n. 1, p. 18-30, 2008.

ARNHEITER, E. D.; HARREN, H. A typology to unleash the potential of modularity. Journal of Manufacturing Technology Management. v. 16, n. 7, p. 699-711, 2005.

BÜYÜKÖZKAN, G.; ARSENYAN, J.; RUAN, D. Logistics tool selection with two-phase fuzzy multi criteria decision making: A case study for personal digital assistant selection. Expert Systems with Applications, v. 39, p. 142-153, 2012.

CALARGE, F. A. Visão sistêmica da qualidade. São Paulo: Artliber, 2001.

CARNEVALLI, J. A. Proposta de umModelo Baseado no Projeto Axiomático para Minimizar as Dificuldades no Uso do QFD. 2007. 274 p. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Faculdade de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Metodista de Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste. 2007.

CARNEVALLI, J. A. et al. Modularidade em montadoras de automóveis: uma análise sob a ótica da estratégia. In. SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO – SIMPEP, 10. 2013, Bauru, Brasil, Anais... 2013.

CARNEVALLI, J. A.; et al. Relatório Científico do Pós-Doutorado para a FAPESP: Proposta de um levantamento de campo sobre a adoção da modularidade em empresas do setor automotivo visando investigar aspectos sobre a sua aplicação. São Paulo: Poli/USP, 2010.

CARNEVALLI, J. A.; MIGUEL, P. A. C.; CALARGE, F. A. Axiomatic design application for minimising the difficulties of QFD usage. International Journal of Production Economics, v. 125, n. 1-12, 2010.

CARVALHO, M. M. de et al. (2005) Gestão da qualidade. Teoria, casos. Rio de Janeiro: Campus, 2005.

CHOI, T.Y.; HARTLEY, J.L. An Exploration of supplier practices across the supply chain. In: RODRIGUES, E. de O. Metodologia para formação de parceria em cadeia de suprimentos: enfoque por similaidade entre atividades. 2005. 179 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

DAVIS, M. M. et al. Fundamentos da Administração da Produção. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

DORAN, D. et al. Manufacturing for synchronous supply: a case study of Ikeda Hoover Ltd. Integrated Manufacturing Systems, v. 13, n. 1, p. 18-24, 2002.

DORAN, D. Supply Chain Implications of Modularization. International Journal of Operations and Production Management. v. 23, n. 3, p .316-326, 2003.

DORAN, D. Rethinking the supply chain: an automotive perspective. Supply Chain Man-agement: An International Journal, v. 9, n. 1, p. 102-109, 2004.

DORAN, D. Supplying on a modular basis: an examination of strategic issues. Interna-tional Journal of Physical Distribution & Logistics Management, v. 35, n. 9, p. 654-663, 2005.

DORAN, D. et al. Supply chain modularisation: Cases from the French automobile industry. International Journal of Production Economics, v. 106, n. 1, p. 2-11, 2007.

FREDRIKSSON, P. Mechanisms and rationales for the coordination of a modular assembly system: The case of Volvo Cars. International Journal of Operations & Production Management, v. 26, n. 4, p. 350-370, 2006.

HO, W. et al. Strategic logistics outsourcing: An integrated QFD and fuzzy AHP approach. Expert Systems with Applications, v. 39, n. 12, p. 10841-10850, 2012.

HO,W. et al. Strategic sourcing: a combined QFD and AHP approach in manufacturing. Supply Chain Management: An International Journal, v. 16, n. 6, p. 446-461, 2011.

HO, W.et al. Multi-Criteria Decision Making approaches for supplier evaluation and selection: A literature review. European Journal of Operational Research, v. 202, n. 1, p. 16-24, 2010.

MARTINS, P.G.; LAUGENI, F.P. Administração da Produção. São Paulo: Saraiva, 2005.

MIGUEL, P.A.C. QUALIDADE: enfoques e ferramentas”. São Paulo: Artliber, 2001

MILLS, J. et al. Strategy and performance: Competing through competences. Cambridge: Cambridge University Press, 2002.

MOURA, R. A. Check sua logística interna. 3ª ed .São Paulo: IMAM, 2008.

NG, W. L. An efficient and simple modelo for multiple criteria supplier selection problem . European Journal of Operational Research. v. 186, p. 1059-1067, 2008

PIRES, S. R. I. Gestão da Cadeia de Suprimentos (supply chain management): conceitos, estratégias, práticas e casos. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2014.

PIRES, S. R. I.; SACOMANO NETO, M. Características estruturais, relacionais e gerenciais na cadeia de suprimentos de um condomínio industrial na indústria automobilística. Produção, v. 20, n. 2, p. 172-185, 2010.

PRIETO, E.; MIGUEL, P. A. C. Adoção da estratégia modular por empresas do setor automotivo e as implicações relativas à transferência de atividades no desenvolvimento de produto: um estudo de casos múltiplos. Gestão & Produção. v. 18, n. 2, P. 425-442, 2011.

RODRIGUES, E. de O. Metodologia para formação de parceria em cadeia de suprimentos: enfoque por similaidade entre atividades. 2005. 179 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

SALERNO, M. S. et al. The importance of locally commanded design for the consolidation of local supply chain: the concept of design headquarters.International Journal of Automotive Technology and Management, v. 16, n. 4, p. 361-376, 2009.

SALERNO, M. S. et al. Modularity ten years after: an evalua-tion of the Brazilian experience. International Journal of Automotive Technology and Management, v. 8, n. 4, p. 373-381, 2008.

SLACK, N. et al. Administração da Produção. São Paulo: Atlas, 2009.

SUH, N.P. The principles of design. New York: Oxford University Press. 1990.

SUH, N. P. Axiomatic Design. New York: Oxford University Press. 2001.

TURHAN, Z. D. et al. Supply chain reengineering in a paint company using axiomatic design. The International Journal of Advanced Manufacturing Technology, v.57, n. 5, p. 421-435, 2011.

VANALLE, R.M.; SALLES, J.A.A. Relação entre montadoras e fornecedores: modelos teóricos e estudos de caso na indústria automobilística Brasileira. Gestão e Produção, v. 18, n. 2, p. 237-250, 2011.

WENG, F.T.; JENQ, S. M. Application integrating axiomatic design and agile manufacturing unit in product evaluation. The International Journal of Advanced Manufacturing. v. 63, n. 1-4, p. 181-189. 2012.

ZAREI, M. Et al. Food supply chain leanness using a developed QFD model. Journal of Food Engineering, v. 101, n. 1, p. 25-33, 2011.




e-ISSN 2175-8018


Creative Commons License
IJIE - Iberoamerican Journal of Industrial Engineering foi licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.


Iberoamerican Journal of Industrial Engineering. Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas. Florianópolis, SC, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial do IJIE, encaminhe um e-mail para periodico.ijie@gmail.com ou ijie@contato.ufsc.br