O Ciclo de Gestão do Conhecimento na Prática: Um Estudo nos Núcleos Empresariais Catarinenses

Guillermo Antonio Davila, Bruna Devens Fraga, Juliana Bordinhão Diana, Fernando José Spanhol

Resumo


O conhecimento é um ativo fundamental para competitividade das organizações, portanto, precisa ser identificado e gerenciado. Os núcleos empresariais são sistemas onde devem acontecer ciclos de compartilhamento de conhecimento. Estudos apontam como o ciclo de conhecimento acontece na prática, porém há uma lacuna, no que tange a qualidade e abrangência, dos estudos desse fenômeno em núcleos empresariais catarinenses. Assim, este artigo tem como objetivo analisar os ciclos de gestão do conhecimento de uma associação empresarial catarinense. A partir de uma revisão de literatura, foram levantados os principais elementos para a construção de um modelo teórico, que serviu de base para compreender como o conhecimento é incorporado e gerenciado pelos membros da organização em seus processos e rotinas. O estudo foi desenvolvido em dois núcleos empresariais de uma associação empresarial catarinense. As principais comprovações do estudo foram: 1) Observando aos núcleos empresarias e a associação como um sistema, verificou-se a existência de um ciclo de aquisição, compartilhamento e uso do conhecimento. 2) Ao longo desse ciclo de conhecimento, existe um valor gerado tanto para a associação empresarial quanto para as empresas que compõem o núcleo. 3) Foram identificados elementos chave –pessoas, tecnologia, processos e liderança – que permitem que esse ciclo aconteça de um modo fluido e eficiente.


Palavras-chave


Gestão do Conhecimento; Ciclos de Gestão do Conhecimento; Compartilhamento de Conhecimento; Núcleos Empresariais.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Scholar Scholar Sumários  Livre