Uma Análise Conceitual da Tipologia do Trabalhador do Conhecimento

Valéria Macedo, Fernando Fukunaga, Neusa Maria Bastos Fernandes Santos, Igor Polezi Munhoz, Roberto Fernandes dos Santos, Alessandra Cristina Santos Akkari, Benedito Geovani Martins de Paiva, Cleonice Nazaré do Nascimento, Julio Araujo da Silva Júnior, Ivan Luis Agnelli Torretta

Resumo


As mudanças ocorridas nas últimas décadas alteraram significativamente a base da economia atual. Enquanto no passado investimentos pesados eram alocados em ativos tangíveis, hoje os ativos intangíveis sustentam a Economia baseada em Conhecimento. A criação de uma tipologia do papel do trabalhador do conhecimento para as organizações tem despertado o interesse do mundo acadêmico. Os estudos analisados tratam o trabalhador do conhecimento como um agente de transformação, inovação e de grande importância na mensuração de resultados provenientes desse capital humano, disponível na organização, mas nem sempre potencializado para a valoração do capital. Mediante o uso da análise comparativa notou-se a falta do consenso entre autores fontes da tipologia de papéis de Reinhardt et al (2011), demonstrando que o campo de pesquisa está aberto para novas pesquisas e motivação para novos estudos nesta área.

Palavras-chave


Trabalhador do Conhecimento; Capital Humano; Economia do Conhecimento; Tipologia

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Scholar Scholar Sumários  Livre