“Com qual somatização eu vou?” Percepções e práticas sobre psicossomática em profissionais de saúde de Cacoal - RO

Cleber Lizardo de Assis

Resumo


Analisa-se as percepções e práticas sobre psicossomática em profissionais de saúde da Cacoal – RO. Trata-se de pesquisa qualitativa, entrevista semiestruturada aplicadas a 07 profissionais de saúde e tratadas pela Análise de Conteúdo, na categorias: Relação mente-corpo, Frequência e Procedimento diante de doenças psicossomáticas, e Interdisciplinaridade em doenças psicossomáticas. Resulta-se existir entre os profissionais uma percepção sobre a interação entre mente e corpo, o que exige considerar esses aspectos nos tratamentos de doenças relacionadas ao psíquico e somático; uma grande frequência e diversos tipos de doenças psicossomáticas em suas práticas especializadas e grande demanda em tratar tais doenças de uma forma interdisciplinar. Conclui-se que a complexidade interacional entre corpo e mente exige uma concepção e prática diferenciadas de atuação interdisciplinar pelos profissionais, posto que se deparam com uma grande frequência e tipos de fenômenos psicossomáticos em suas especialidades.


Palavras-chave


Psicossomática; Relação Mente e Corpo; Estresse; Interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF/A

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Endereço postal

Departamento de Saúde Pública/Centro de Ciências da Saúde/UFSC

CEP: 88040-970

FLORIANÓPOLIS-SC

E-mail: cbsm.abrasme@gmail.com

Telefone: (48) 3721-9388
Fax: (48) 3721-9388

 

 

Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/ Brazilian Journal of Mental Health ISSN 1984-2147, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.