Design de Dispositivos Médicos: Contributo do Design para o Desenvolvimento de uma Prótese Externa de um Membro Inferior.

Demétrio Ferreira Matos, Ana Margarida Ferreira, António Costa Marques Pinho, João Paulo Martins

Resumo


Conscientes da importância das abordagens sistémicas, multidisciplinares e centradas no utilizador para o desenvolvimento e sucesso de novos produtos no âmbito da saúde, nomeadamente de próteses endosqueléticas para membros inferiores, desenvolveu-se uma investigação ativa recolhendo e validando, através de métodos como a crítica literária, a observação direta, a aplicação de questionários, a realização de entrevistas e vídeos ou, ainda, a concepção e teste de protótipos, as variáveis necessárias a uma resposta mais eficaz e global do novo produto. Os resultados desta investigação permitem, num primeiro plano, ultrapassar limitações destes dispositivos na reprodução do ciclo de marcha e obter soluções mais satisfatórias na fase inicial da reabilitação e durante a vida activa do paciente. Como última e principal consequência, permitem a melhoria da qualidade de vida dos amputados.


Palavras-chave


Design para a Saúde; Prótese externa do membro inferior; Qualidade de vida.

Texto completo:

PDF/A

Referências


BOCCOLINI, F. Reabilitação - Amputados, Amputações e Próteses. (2ª ed.). São Paulo: Robe, 2000.

BÜRDEK, B. E. Design: história e teoria e prática do design de produtos. São Paulo: Edgard Blucher, 2006.

CARVALHO, J. Amputações de membros inferiores: em busca da plena reabilitação. (2ª ed.). São Paulo: Manole, 2003.

COLVIN, M. An Effective Design Process for the Successful Development of Medical Devices. Design, 2010.

CRESWELL, J. W. Research Design. Qualitative, quantitative, and mixed methods approaches. (3ª ed.). Califórnia: Sage Publications, 2009.

FERREIRA, A. M. Design e Inovação: Valores para o século XXI, Idade da Imagem, 8, pp. 52-56, 2003.

FERREIRA, A. M. Caracterização e Quantificação da Inovação no Processo Evolucionista do Design: Análise de um século da prática médico-cirúrgica em Portugal. Dissertação para a obtenção do grau de Doutor em Engenharia de Produção. UBI: Covilhã, 2008.

HILL, M.; HILL, A. Investigação por questionário (2ª ed.). Lisboa: Edições Sílabo, 2009.

IDEO. Human-Centred Design Toolkit: A Free Innovation Guide for Social Enterprises and NGOS Worldwide. 2009.

INFARMED. Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I. P. 2010. Disponível em http://www.infarmed.pt. Acesso em 20/10/2010.

ISO 10328. Prosthetics. Structural testing of lower-limb prostheses. Requirements and test methods. Especifica os procedimentos para testes de resistência estática e cíclicos sobre próteses de membros inferiores. International Organization for Standardization, p.136, Out. 2006.

KASPER, C. P. Além da função, o uso. Arcos Design, n.5, pp. 18–24, 2009.

LIANZA, S. Medicina da reabilitação. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995.

MARTIN, J. L. Design for patient safety: User testing in the development of medical devices. London: National Patient Safety Agency, 2010.

MARTIN, J. L. et.al. Medical device development: the challenge for ergonomics. Applied Ergonomics, n.39 (3), pp. 271–283, 2008.

MATOS, Demétrio. Dispositivos Protésicos Exteriores: Estudo, Desenvolvimento, Produção, Ensaio e Certificação. 2009. Dissertação (Mestrado em Design Industrial) - Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto & Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos, Porto.

MCGIMPSEY, G.; BRADFORD, T. Limb Prosthetics Services and Devices - Critical Unmet Need: Market Analysis. Worcester: Bioengineering Institute Center for Neuroprosthetics, 2010.

OLIVEIRA, R. O sujeito e o corpo perante a incapacidade física. Revista Portuguesa de Psicossomática, n.6 (1), pp.63–67, 2004.

PEREIRA, A. Guia prático de utilização do SPSS - Análise de dados para ciências sociais e psicologia (3ª ed.). Lisboa: Edição Sílabo, 2002.

PHEASANT, S. Bodyspace. Anthropometry, Ergonomics and the Design of Work (2ª ed.). London: Taylor & Francis, 2003.

QUIVY, R.; CAMPENHOUDT, L. Manual de investigação em Ciências Sociais (2ª ed.). Lisboa: Gradiva, 1998.

TULLIS, T.; ALBERT, W. Measuring the user experience: collecting, analyzing, and presenting usability metrics. Burlington: Morgan Kaufman, 2008.

ULRICH, K.; EPPINGER, S. Product Design and Development. (4ª ed.). New York: Mc Graw Hill. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.